Sexualidade e loucura femininos no Correio da Manhã. Um estudo a partir de Michel Foucault = Female sexuality and madness in the Correio da Manhã. A study from Michel Foucault

Isadora Luiza Francisca Alves Flores, João Barros

Resumen


Resumo

O objetivo deste texto é discorrer sobre o papel do discurso jornalístico na construção do feminino no início do séc. XX no Rio de Janeiro. Através da série de reportagens intituladas Sedutor e Algoz veiculadas pelo jornal Correio da Manhã, será possível visualizar como a relação entre o discurso jornalístico e a produção intelectual que visava o controle sobre a conduta feminina se dava nesse período. Para tanto, recorreremos aos argumentos de Michel Foucault. Através de sua proposta sobre a relação saber-poder e também sobre a influência do gênero folhetinesco sobre o discurso jornalístico, poderemos perceber como esse discurso em específico poderia influenciar apreensões sobre a sexualidade e a loucura femininas no período acima mencionado.

Abstract

The purpose of this text is to discuss the role of journalistic discourse in the construction of the feminine at the beginning of the 20th century in Rio de Janeiro. Through the series of stories titled Seducer and tormentor published by the newspaper “Correio da Manhã”, it will be possible to visualize how the relationship between the journalistic discourse and the intellectual production, that aimed the control over the female conduct, occurred during this period. To do so, we will turn to the arguments of Michel Foucault. Through his proposal on the relation between knowledge and power and on the influence of the novel genre on the journalistic discourse, we can see how this discourse could influence apprehensions about female sexuality and madness in the mentioned period.

Keywords: Sexuality; madness; journalistic discourse; Michel Foucault; Correio da Manhã


Palabras clave


Sexualidade; loucura; discurso jornalístico; Michel Foucault; Correio da Manhã; Sexuality; madness; journalistic discourse; Correio da Manhã

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


Barbosa, Marialva (1997): “Imprensa, Poder e Público: Os diários do Rio de Janeiro (1880- 1920)”. En: Intercom, vol. 20, nº 5, pp 87-102.

Barbosa, Marialva (2010): História Cultural da Imprensa: Brasil 1900-2000. Rio de Janeiro: Maud.

Brasil (1890): “Decreto Nº 847, de 11 de outubro de 1890”. Disponible en: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto847-11-outubro-1890-503086-publicacaooriginal-1-pe.html [23/07/2018].

Bittencourt, Edmundo (1901): “Correio da Manhã”. En: Correio da Manhã, 15 de junho, nº.1, p.1.

Castro, Francisco José Viveiros de (1936): Os Delictos contra a honra da mulher. Rio de Janeiro: Livraria Editora Freitas Bastos, Freitas Bastos & CIA.

Chalhoub, Sidney (2001): Trabalho, Lar e Botequim: o cotidiano dos trabalhadores no Rio de Janeiro da Belle Époque. Campinas: Editora da Unicamp.

Correio da Manhã. (1901): “Seductor Algoz - uma série de crimes”. 26 de setembro, nº 105, p.2.

Correio da Manhã (1901): “Seductor e Algoz - uma série de crimes”, 27 de setembro, nº 106, p.2.

Correio da Manhã (1901): “Seductor e Algo - uma série de crimes”, 28 de setembro, nº 106, p.2.

Correio da Manhã (1901): “Seductor e Algoz - uma série de crimes”, 29 de setembro, nº 107, p.2.

Correio da Manhã (1901): “Seductor e Algoz - uma série de crimes”, 30 de setembro, nº.108, p.2.

Correio da Manhã (1903): “Evandra”, 4 de novembro, nº143, p.2

Derrida, Jacques (2001): Três tempos sobre a História da loucura. Rio de Janeiro: RelumeDumará.

Edmundo, Luis (2003): Rio de Janeiro do meu tempo. Brasília: Secretaria Especial de Editoração e Publicação do Senado Federal.

Esteves, Martha de Abreu (1989): Meninas Perdidas - Os populares e o cotidiano do amor no Rio de Janeiro da Belle Époque. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra.

El Far, Alessandra (2004): Páginas de Sensação. São Paulo: Companhia das Letras.

Foucault, Michel (1976): Histoire de la sexualité I. La volonté de savoir. Paris: Gallimard.

Foucault, Michel (2001a): Dits et Écrits I – 1954-1975. Paris: Quarto Gallimard.

Foucault, Michel (2001b): Dits et Écrits II – 1976-1988. Paris: Quarto Gallimard.

Foucault, Michel (2010a): Obras esenciales. Barcelona: Paidós.

Foucault, Michel (2010b). La vida de los hombres infames. En: Obras esenciales. Barcelona: Paidós.

Foucault, Michel (2010c): La locura y la sociedad. En: Obras esenciales. Barcelona: Paidós.

Foucault, Michel. (2010d): La locura y la sociedad. En: Obras esenciales. Barcelona: Paidós.

Foucault, Michel. (2010e): Prefacio a la transgresión. En: Obras esenciales. Barcelona: Paidós.

Foucault, Michel (2010f): Historia de la sexualidad 1. Buenos Aires: Siglo veintiuno.

Foucault, Michel (2013): História da loucura na Idade Clássica. São Paulo: Perspectiva.

Garzoni, Lerice (2009): “Nós, em nome do povo, cuja causa defendemos - o Correio da Manhã ea campanha contra as carnes verdes (1901)”. En: Anais do XXV Simpósio Nacional de História, vol.24, nº 24, pp. 158-174.

Garzoni, Lerice (2011): “Disputas políticas e disputas por leitores: a criação do Correio da Manhã (1898-1901)”. En: Topoi, vol. 12, nº.1, pp.158-177.

Garzoni, Lerice (2012). Arena de combate: gênero e direitos na imprensa diária (Rio de Janeiro, início do século XX). Tesis Doctoral. Unicamp.

Guimarães, Valéria (2004): “Primórdios da história do sensacionalismo no Brasil: os faits divers criminais”. En: Revista ArtCultura, vol. 16, nº. 29, pp. 103-124.

Guimarães, Valéria (2007): “Os dramas da cidade nos jornais de São Paulo na passagem do dezenovevinte”. En: Revista Brasileira de História, vol. 27, nº27, pp. 323-349.

Guimarães, Valéria (2009): “Sensacionalismo e modernidade na imprensa brasileira no início do século XX”. En: Revista ArtCultura, vol. 11, nº. 18, pp. 227-240. Disponible en: http://www.artcultura.inhis.ufu.br/PDF18/v_guimaraes_18.PDF [24/08/2017].

Guimarães, Valéria (2013): Notícias diversas - suicídios por amor, ‘leituras contagiosas’ e cultura popular em São Paulo nos anos dez. São Paulo: Mercado das Letras.

Graham, Sandra Lauderdale (1992): Proteção e obediência - Criadas e seus patrões no Rio de Janeiro, 1860-1910. São Paulo: Companhia das Letras.

Machado, Roberto (1979): “Por uma genealogia do poder”. En: Roberto Machado (org.): Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal.

Marroco, Beatriz (2003). Foucault y el periodismo. En: Athena Digital, Vol 4, nº4, pp.7-14.

Martins, Ana Luiza; De Luca, Tania Regina (2006): Imprensa e Cidade. São Paulo: Editora da UNESP.

Martins, Ana Vosne (2004): Visões do feminino: a medicina da mulher nos séculos XIX e. XX. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ.

Meyer, Marlise (1996): Folhetim - Uma história. São Paulo: Companhia das Letras.

Roncador, Sônia (2007): “O demônio familiar: lavadeiras, amas-de-leite e criadas na narrativa de Júlia Lopes de Almeida”. En: Luso-Brazilian Review, vol. 44, nº.1, pp 94-119.

Roudinesco, Elisabeth et al. (1994): Leituras da História da loucura. Rio de Janeiro: Relume-Dumará.

Soihet, Rachel (1989): Condição Feminina e Formas de Violência: Mulheres Pobres e Ordem Urbana 1890-1920. Rio de Janeiro: Forense Universitária.

Sodré, Nelson Werneck (1999): História de Imprensa no Brasil. Rio de Janeiro: Mauad, 4ª Ed.




DOI: http://dx.doi.org/10.18002/cg.v0i14.5795

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2019 João Barros, Isadora Flores

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.

Contacto:

Departamento de Psicología, Sociología y Filosofía. Facultad de Educación. 24071 - León - España. Teléfono: 987291860 / 625570546. Email: aiblag@unileon.es cuestionesdegenero@unileon.es

 

e-I.S.S.N. 2444-0221 - Depósito Legal: LE-1039-2005.

Diseño de portada: INDOS (Images copyright ©INDOS, S. L. and its licensors. All rights reserved).

Diseño del logotipo del Seminario Interdisciplinar de Estudios de las Mujeres de la ULE: Teresa Serrano León.