Job insecurity and invisibility in mixed martial arts (MMA) athletes: a case study

Juliana A. de Oliveira Camilo

Abstract


Mixed martial arts (MMA) is a global sports phenomenon. In Brazil, the MMA growth has been particularly intense. This has led many athletes to try to stand out in this complex and demanding market, in which appearances are often far removed from the actual working conditions of fighters. This case study aims to show the work of MMA fighters, based on an ethnographic research carried out in an MMA event held in the city of São Paulo. Observations and conversations related to the event were recorded in a field diary, which was subsequently analyzed and interpreted from the perspective of work psychodynamics. The results obtained show that the work of MMA fighters is invisible to different social actors, which generates precariousness, fragility in their emplyment ties and the consequent trivialization of the social injustices they suffer.


Keywords


Martial Arts; Combat sports; Mixed martial arts; MMA; sports social psychology; social psychology of work

References


Alonso, M., & S. Nagão. (2013). Do Vale Tudo ao MMA: 100 Anos de Luta. Rio de Janeiro: Editora PVT.

Alves, R. F. C., & Ubaldino, P. (2011). Vitória Por Nocaute. Na ponta dos dedos, September 1, 4–5.

Awi, F. (2012). Filho Teu Não Foge à Luta. Rio de Janeiro: Intrínseca.

Bourdieu, P. (1983). Como é Possível Ser Esportivo? En Questões de sociologia (pp. 136–53). Rio de Janeiro: Marco Zero.

Caillois, R. (1990). Os Jogos e Os Homens: A Máscara e a Vertigem. Lisboa: Edições Cotovia.

Camilo, J. A. O. (2016). Afinal, quem são os lutadores de MMA (Mixed Martial Arts)? Manaus: OMP.

Camilo, J. A. O. (2020). A naturalização do mal e os assédios no esporte de rendimento. En Trabalho e Esporte: invisibilidade e desafios (pp. 247–55. São Paulo: Laços.

Camilo, J. A. O., Gutiérrez-García, C., & Telles, T. C. B. (2019). Una aproximación cuantitativa al desarrollo de las Artes Marciales Mixtas (MMA) profesionales en España y Brasil. Revista Española de Educación Física y Deportes: REEFD, (426), 126-135.

Camilo, J. A. O., & Spink, M. J. P. (2018). Las Artes Marciales Mixtas (MMA): Deporte, Espectáculo y Economía. Revista de Artes Marciales Asiaticas, 13(1), 20-34. doi: http://dx.doi.org/10.18002/rama.v13i1.5188

Dejours, C. (1997). O Fator Humano. São Paulo: FGV Editora.

Dejours, C. (2006). A Banalização Da Injustiça Social. Rio de Janeiro: Editora FGV.

Dejours, C. (2012). Trabalho Vivo. Brasília: Paralelo 15.

Dejours, C., & Abdoucheli, E. (1993). Itinerário teórico em Psicopatologia do Trabalho. En Psicodinâmica do Trabalho: contribuições da Escola Dejouriana à Análise da Relação Prazer, Sofrimento e Trabalho (pp. 119–43). São Paulo: Atlas.

Dejours, C., Abdoucheli, E. & Jayet, C. (1994). Psicodinâmica do Trabalho: Contribuições da Escola Dejouriana à Análise da Relação Prazer, Sofrimento e Trabalho. São Paulo: Atlas.

Deloitte. (2011). Muito além do futebol estudo sobre esportes no Brasil. Recuperado de http://www.deloitte.com.br/Comunicados/ReleasePesquisaEsportes.pdf

Epiphanio, E. H. (2002). Conflitos vivenciados por atletas quanto à manutenção da prática esportiva de alto rendimento. Estudos de Psicologia (Campinas) 19(1), 15-22. doi: https://doi.org/10.1590/S0103-166X2002000100002

Favetti, R. T. (2014). MMA não é rinha de galo. Recuperado de https://oglobo.globo.com/opiniao/mma-nao-rinha-de-galo-11420131

Ferreira Junior, N., Rabelo, I. S., & Camilo, J. A. O. (2019). Carreira, Transição e Outros Dilemas Da ‘Profissão’ Atleta. En Do pós ao neo olimpismo: Esporte e Movimento olímpico no século XXI (pp. 119-144). São Paulo: Laços.

Franchini, Emerson, & Fabrício Boscolo Del Vecchio. (2011). Estudos em modalidades esportivas de combate: estado da arte. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, 25, 67–81. doi.: https://doi.org/10.1590/S1807-55092011000500008

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. (2016). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua agosto de 2016. Rio de Janeiro. Recuperado de https://www.ibge.gov.br

Lancman, S. (2011). O mundo do trabalho e a psicodinâmica do trabalho. En S. Lancman, & L. I. Sznelwar (Eds.), Christophe Dejours: da psicopatologia à psicodinâmica do trabalho (3rd ed.) (pp. 31–44). Rio de Janeiro, RS: Fiocruz.

Maior, G. M. M. S., & Maior, J. L. S. (2020). Trabalho e esporte: uma contribuição à consciência de classe do atleta profissional. En Trabalho e Esporte: invisibilidade e desafios (pp. 23–39). São Paulo: Laços.

Novaes, J. V. (2012). Um corpo que dói. Escutando lutadores de MMA. En V Congresso Internacional de Psicopatologia Fundamental e XI Congresso Brasileiro de Psicopatologia Fundamental (pp. 1–11). Fortaleza.

Spencer, D. C. (2012). Narratives of despair and loss: pain , injury and masculinity in the sport of Mixed Martial Arts. Qualitative Research in Sport, Exercise and Health, 4(1), 117–37. doi.: https://doi.org/10.1080/2159676X.2011.653499

Vasques, D. G. (2013). As Artes Marciais Mistas (MMA) como esporte Moderno: Entre a Busca da Excitação e a Tolerância à Violência. Esporte e Sociedade, 22(8). Recuperado de http://cev.org.br/arquivo/biblioteca/4030352.pdf

Viana-Meireles, L. G., Timbó, A. V., & Aquino, C. B. (2020). Trabalho, Maternidade e Esporte. En Trabalho e Esporte: invisibilidade e desafios (pp. 213–32). São Paulo: Laços.

Wacquant, L. (2002). Corpo e Alma: notas etnográficas de um aprendiz de boxe. Rio de Janeiro: Relume Dumará.

Wells, G. (2012). Mixed Martial Arts: Ultimate Fighting Combinations. Minneapolis: Lerner Publications Company.




DOI: http://dx.doi.org/10.18002/rama.v16i1.6226

Refbacks

  • There are currently no refbacks.




Copyright (c) 2021 Juliana A. de Oliveira Camilo

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Revista de Artes Marciales Asiáticas - RAMA

I.S.S.N. 2174-0747

Attached to the Department of Physical Education and Sports, University of León (Spain)

Edited by the Publications Office, University of León

Creative Commons License